Instalando via PSExec o Agent FusionInventory ou GLPI Agent

Execução de .VBS pelo PSExec

Com a chegada do GLPI 10 fica cada vez mais próximo a necessidade de atualizar o GLPI é consequentemente o sucessor do Fusion Inventory que agora é integrado ao GLPI nativamente, passando a ser um único agente responsável pela coleta de dados da máquina inventariada.

Dito isso, sempre temos a necessidade de disseminar o agente do Fusion ou Agente do GLPI no parque de informática para termos nossa Gestão de Ativos, existem várias formas de fazer isso, desde o Manual a uso de GPO, mas em algumas situações não conseguimos instalar dessa forma por quaisquer motivo, e é aí que o PSExec entra.

Temos um post exclusivo explicando o que é o PSExec é para que ele serve, segue link:

Também temos outro post com a mesma premissa desse agora, que é instalação do Agente Fusion via PSExec, porém está um pouco desatualizado.

O objetivo dessa postagem é atualizar a maneira de uso do PSExec para esse fim de execução do script .VBS do Fusion Agent ou GLPI Agent.


Scripts Instalação & Remoção .vbs

Existem muitos scripts diferentes para instalação do Fusion Agent ou do GLPI Agent, no caso iremos dar o exemplo dos scripts oficias não editados para a instalação do Agent.

Instalação

Fusion Inventory Agent: http://fusioninventory.org/documentation/agent/installation/windows/
GLPI Agent: https://glpi-agent.readthedocs.io/en/latest/installation/

Consulte a versão mais recente na página oficial acima, no nosso caso trabalharemos com a versão 1.1 do GLPI Agent e 2.6 do Fusion Inventory.

Na página da documentação passado acima, procure algo indicando o arquivo .vbs para efetuar o download do mesmo.

Ao editar o script (As opções são iguais ou parecidas), temos que nos atentar aos seguintes parâmetros:

A documentação oficial dos parâmetros no SetOptions se encontra respectivamente do GLPI Agent e FusionInventory Agent

Como são muitos comandos vou dar um exemplo comum que é bastante utilizado.

SetupOptions = "/S /acceptlicense /no-start-menu /runnow /server='https://ipoudnsdoglpi/plugins/fusioninventory/' /add-firewall-exception /installtasks=Deploy /execmode=Service  /httpd-trust='127.0.0.1,http://dnsouipdoservidordoglpi.com.br/' /tag='Máquina Virtual'"
SetupOptions = "/quiet RUNNOW=1 SERVER='https://ipoudnsdoglpi/front/inventory.php' EXECMODE=1 ADD_FIREWALL_EXCEPTION=1 TAG='Máquina Virtual'"

Remoção

Para a remoção automática editei o script de desinstalação do OCS Inventory e Fusion Inventory e fiz um post dedicado a esses carinhas, caso queira usar o script está disponível para baixar no post abaixo, o processo de uso no PSExec é o mesmo da instalação é claro também é possível adicionar esse script para ser executado via GPO.


Instalação do PSExec

Para o uso do PsExec é necessário fazer o download no site oficial da Microsoft através desse link:

Aviso: O Anti vírus pode acusar vírus devido ao PsExec já ter sido utilizado para disseminar vírus em rede, porém o PsExec em si não tem nenhum vírus.

Após o download, descompacte o .zip, a partir dai você pode mover ele para onde quiser que seja o computador que irá executar remotamente o script. Lembrando que, o computador que for executar o script precisa conseguir enxergar via rede o IP, hostname ou o domínio alvo, sem isso ele não vai conseguir encontrar o alvo do script.


Executando o Script .VBS

Uma vez já feito o download, editado o script e estar na máquina que irá executar o comando remoto, basta abrir aquela pasta via CMD (Execute como administrador).

cd C:\PSExec

Vou dar alguns exemplos de como vamos executar para esse fim de execução de script .vbs

psexec \\10.0.2.20 -s cscript \\192.168.100.21\fusioninventory\Scripts\AgentFusion.vbs
psexec \\* -s cscript \\192.168.100.21\fusioninventory\Scripts\AgentFusion.vbs
psexec -u dominio\Administrator \\10.0.2.20 cscript \\192.168.100.21\fusioninventory\AgentFusion.vbs

Esses são os comandos mais comuns no caso .vbs, para mais detalhes temos um post nesse link de como implementar mais ainda essa linha de comando.


Isentivo de uso de Software Livre • Relatos TI
Isentivo de uso de Software Livre • Relatos TI

3 Comments

Comenta aí