Migrando o GLPI de servidor X para Y

Logo GLPI

A atualização do sistema de chamados GLPI sempre é um medo para quem administra o sistema, seja por ter medo de acontecer algo errado, seja pelo medo da não aceitação dos usuários das mudanças. Isso pode ser resolvido fazendo uma cópia de segurança da sua base inteira do GLPI para um novo local e atualizando esse novo GLPI, ou simplesmente querer mudar o GLPI de uma máquina para outra, existem inúmeras razões por querer fazer isso.

Espero mostrar nesse artigo que não é um bixo de 7 cabeças essa tal migração do GLPI de uma máquina x para y.

Estou Movendo o GLPI de um Debian 8 em uma máquina física para um Debian 10 em uma máquina virtual

Antes de continuarmos, vamos fazer um pequeno check-list para ter certeza que você como administrador do sistema, terá acesso a tudo que vai ser necessário durante a mudança.

  • Ter acesso a uma conta local no GLPI com perfil Super-Admin
  • Ter acesso a pasta raiz do servidor do GLPI
  • Ter acesso remoto a máquina
  • Realizar backup do Banco de Dados do GLPI
  • Realizar backup da pasta do GLPI inteira /var/www/html/glpi
  • Copiar os arquivos da nova versão substituindo os atuais
  • Dar a devida permissão após a cópia/substituição dos arquivos
  • Executar o GLPI via web e atualizar a versão seguindo os passos na web
  • Confirmar se todos os sistemas estão operantes e sem nenhum problema
  • Certificar de guardar o backup em 2 locais diferentes para caso necessitar voltar a versão anterior
  • Feito!

Começando

Vamos começar atualizando os pacotes e dependências do novo ambiente.

apt-get update
apt-get upgrade

Agora os próximos passos deve ser fácil para você, visto que já os fez antes (geralmente), é uma instalação limpa, da exata versão do GLPI que vai migrar, então se o seu GLPI é versão 9.2.1, você precisa instalar exatamente com as mesmas dependências na nova máquina dessa versão.

apt-get install apache2 php php-curl php-gd php-cli php-mbstring php-mysql php-xml -y
apt-get install mysql-server -y
apt-get install php-cli php-cas php-imap php-ldap php-xmlrpc php-soap php-snmp php-apcu -y
apt-get install zip unzip bzip2 unrar-free vim -y

Edite o arquivo php.ini do seu sistema com as configurações que você julgar necessário, nesse caso vou deixar abaixo as configurações que aconselho a mexer

find / -iname php.ini
memory_limit = 64M;
file_uploads = on;
max_execution_time = 600;
register_globals = off;
magic_quotes_sybase = off;
session.auto_start = off;
session.use_trans_sid = 0;

Obs: Se não encontrar alguma configuração, não se preocupe dependendo da versão do seu php pode ter ou não alguma configuração

Instalação do GLPI limpo

cd /tmp
wget https://github.com/glpi-project/glpi/releases/download/9.2.1/glpi-9.2.1.tgz
tar -xvzf glpi-9.2.1.tgz
cp -Rf glpi/* /var/www/html

Obs: Verifique a versão do seu GLPI na hora que estiver fazendo o donwload, lembre-se de ser exatamente a mesma versão que já utiliza. O link das versões pode ser consultado aqui.

Agora de as devidas permissões

chmod 775 /var/www/html/* -Rf
chown www-data. /var/www/html/* -Rf

Criação do banco de dados e usuário de acesso

Antes do passo abaixo, lembre-se de trocar a senha do usuário GLPI nos 2 campos

mysql -uroot -p
mysql> create database glpi;
mysql> create user 'glpi'@'localhost' identified by '123456';
mysql> grant all on glpi.* to glpi identified by '123456';
mysql> quit

Finalizando a instalação da versão limpa

Agora e só acessar na versão web para a primeira configuração o link é http://IPdaMaquina ou se estiver no próprio servidor vai ser http://localhost

Agora basta preencher as informações requisitadas, logar no banco de dados com as informações criadas anteriormente, selecionar o banco de dados glpi, e finalizar.

Caso tenha alguma mensagem como a “Acesso web ao diretório de arquivos não deveria ser permitido. Verifique a configuração do arquivo .htaccess e do servidor web.

<Directory "/var/www/html/glpi">
     AllowOverride All
</Directory>
a2enconf glpi.conf
service apache2 restart

ETAPA FINAL Da migração

Agora, após as configurações iniciais é bem simples, primeiro pare o processo do apache2 no novo servidor, para não ter risco de corromper os arquivos durante a migração.

service apache2 stop

Agora migre todos os arquivos que havia feito backup da pasta completa “glpi” para o novo diretório, substituindo todos os arquivos.

Após a migração, lembre-se de editar o arquivo “config_db.php” que se encontra na pasta config dentro da pasta raiz do glpi, esse arquivo é muito importante para que o sistema do GLPI consiga acessar corretamente o banco de dados.

Agora inicie o apache novamente, e vamos importar o banco de dados em seguida.

service apache2 start

Agora, você precisa importar o backup do banco de dados feito anteriormente, como essa parte é muito particular de cada sistema, não vou aprofundar de como efetuar o backup e importar pois dependendo do seu sistema, forma de fazer o processo é diferente.

Uma dica que posso dar sobre isso, é que na hora que for importar o banco de dados para substituir o banco de dados atual pelo que tinha feito backup, é: limpar todas as tableas do banco de dados existente primeiro da base nova do GLPI antes da importação, assim ele não terá problema com duplicidade de informação ao importar os dados.

Após a importação do banco de dados e dos arquivos, basta dar uma pequena re-permissão em todos os arquivos do GLPI para que não tenha problemas.

chmod 775 /var/www/html/* -Rf
chown www-data. /var/www/html/* -Rf

Agora desfrute do seu GLPI migrado, espero que tenha ajudado em algo!

Deixe uma resposta